A genética é algo fascinante, são informações do nosso corpo que se juntam com as informações do corpo de outra pessoa para dar origem a uma nova vida. Porém algumas vezes ocorrem problemas nessa troca de DNA e então começam a ocorrer alguns erros, algumas falhas genéticas.

PATROCINADO

Nós separamos as falhas genéticas mais bizarras de todos os tempos para você ver. Confira:

1. Este bebê

No ano de 2006, este bebê nascido na cidade de Charikot, Nepal, atraiu um grande número surpreendente de espectadores para testemunhar o seu nascimento.

O bebê nasceu sem pescoço, com cabeça quase totalmente afundada no seu corpo e com os globos oculares tão grandes que parecem estar saltando fora do rosto. Ele nasceu de Nir Bahadur Karki e Suntali Karki no Hospital Gaurishnkar em Charikot.

1

No entanto, o bebê morreu meia hora após o seu nascimento, ele pesava 2kg ao nascer, teve um desenvolvimento normal, 9 meses. A mãe já possuía duas filhas e não estava sofreu nenhuma doença durante a gestação. Nir Bahadur, pai, diz que não fica mal pelo falecimento do bebê recém-nascido, e diz: “Estou feliz por não ter acontecido nada com minha esposa”

“O bebê tem uma condição chamada anencefalia, um defeito do tubo neural (como o bebê do cíclope), sem formação adequada do cérebro. O bebê teria morrido alguns dias depois. As mulheres são aconselhadas a tomar folato no início da gravidez. “, explicaram leitores.

2. Cauda de 33 centímetros

Com uma cauda de 33 centímetros, este é Chandre Oram, que se tornou um objeto sagrado de devoção em Alipurduar, Bengala Ocidental, pois os moradores deste local acreditam que ele é uma espécie de reencarnação de Hanuman, um deus-macaco do hinduísmo. “Eu nasci em Ram Navami (aniversário de Lord Ram, uma espécie de deus Hindu) As pessoas têm muita fé em mim – eles ficam curados de doenças graves quando tocam minha cauda. Eu acredito que posso fazer muito bem para aqueles que vêm a mim com devoção” diz ele.

2

Mesmo com inúmeras ofertas para a retirada da sua cauda, a família de Oram se orgulha dela e recusa todas as ofertas.  “Ele não vai sobreviver sem a cauda, tornou-se parte de seu ser, sua existência”, disse Rekha, sua irmã.

3. Bebê ciclope

Também no ano de 2006 este bebê nasceu com um único olho na Índia. A equipe médica que fez o parto na mãe diz que o motivo disso ter acontecido foi um medicamento experimental contra o câncer ou outra causa que também foi descrita no relatório médico é um transtorno cromossômico, conhecido como ciclopia.

3

PATROCINADO

Ela nasceu com um único olho no centro da testa, sem nariz e com seu cérebro fundido em um único hemisfério, em tais condições seria difícil a menina conseguir viver alguns minutos, mas de forma surpreendente ela viveu alguns dias.

4. Maior mão do mundo

Lui Hua sofre com um problema raro conhecido como macrodactilia. Quando ela foi internada em Shanghai no ano de 2007, seu polegar esquerdo media aproximadamente 25 centímetros e seu indicador 30 centímetros. Mais tarde os médicos realizaram uma cirurgia para diminuir o tamanho dos dedos de Lui e acabaram retirando 11 quilos de carne e osso no procedimento.

4

5. Pés voltados para trás

Wang Fang, 27  anos, nasceu com os pés voltados para o lado errado, mas aprendeu a viver com a condição e até mesmo recusou uma pensão por invalidez como deficiente que lhe foi oferecida. “Eu posso correr mais rápido do que a maioria dos meus amigos e ter um emprego regular como garçom no restaurante da família. Não há razão para me classificar como deficiente.”, disse ele.

5

6. Bebê com três braços

Também no ano de 2006, um bebê chamado Liu Junjie, nasceu na China com um terceiro braço. Os médicos conseguiram fazer a remoção do terceiro membro, que era raro e bem desenvolvido, mas o bebê precisaria de fisioterapia de longo prazo para conseguir ganhar e controlar os movimentos desse braço, que não tem palma e flexiona em qualquer direção.

6

7. Mamilo no pé

Descoberto em uma mulher Brasileira, 22 anos, que não quis se identificar, o caso foi descrito em um papel com as seguintes informações: “Uma mulher de 22 anos de idade procurou atendimento médico para uma lesão na região plantar do pé esquerdo, um mamilo bem formado cercado por aréola e cabelos, um exame microscópico da derme mostrou folículos pilosos, Glândulas écrinas e glândulas sebáceas. Um tipo de gordura foi observado na base da lesão. Os achados clínicos e histopatológicos foram consistentes com o diagnóstico de tecido mamário supranumerário, também conhecido como pseudomama. No nosso conhecimento, este é o primeiro relato de mama supranumerário no tecido do pé ”

7

ImagensODDEE