Você alguma vez na vida já ouviu falar em algo chamado paralisia do sono? Bem, este é um assunto que qualquer um de nós teríamos medo de falar sobre. Mas é de suma importância deixar alguns avisos importantes e esclarecer algumas duvidas frequentes. A chamada paralisia do sono ocorre quando a pessoa está consciente, mas incapaz de se mover. Ou seja, quando uma pessoa acorda, sente o que está ocorrendo em sua volta, mas ainda não retomou o controle sobre o corpo, logo, não consegue movimentar nenhum membro.

O assunto parece mesmo ser algo bem pavoroso de se tratar, agora imagina ter que enfrentar esta situação com frequência? Durante o momento da paralisia, algumas pessoas também podem sentir a pressão ou uma sensação de asfixia. A paralisia do sono pode acompanhar outros distúrbios, como narcolepsia, que é uma necessidade incontrolável de sono causada por uma falta de capacidade do cérebro para regulá-lo.1

Durante anos, a paralisia do sono foi descrita de múltiplas formas, sendo inclusive atribuída à presença mística de seres maléficos destinados a nos atormentar. Acreditava-se que alienígenas, demônios e espíritos aterrorizavam os seres humanos durante a noite. Entretanto, hoje a ciência comprova que não é isso o que acontece. A paralisia do sono acontece durante o período de sono REM, o que previne assim movimentos corporais. Baixos índices de melatonina e triptofano podem influenciar no aparecimento desse estado. Vários estudos concluíram que a maioria das pessoas experimentará a paralisia do sono pelo menos uma ou duas vezes em suas vidas.

1

Para poder entender um pouco mais sobre este assunto, dê uma conferida com atenção no vídeo que nós do Super Tela trouxemos para você hoje:

ImagensBioSomNerdologiahipnoseinstituteTudoela